Unhas Fracas

A onicose é um termo médico/científico para a calosidade das unhas e sua deformação quando ocorre inflamação em sua matriz. O que grande parte da população ainda desconhece – e que é muito importante saber – é o fato de que as unhas também necessitam de proteínas, vitaminas (principalmente a E e a B5) e sais minerais (zinco, iodo, ferro e cálcio) para se manterem fortes e com saúde. Os nutrientes que elas precisam vêm de uma dieta rica e balanceada e que deixam o organismo equilibrado. Em dietas mais rigorosas é muito comum queda de cabelo e enfraquecimento das unhas, justamente porque essas são as primeiras partes do corpo a sofrerem com a falta dos devidos nutrientes.

Unhas Fracas

Unhas Fracas

A debilidade nas unhas também ocorre pelo hábito de roer as unhas, que além de fazer mal ao esmalte do dente, é prejudicial à saúde, já que a saliva é ácida e reage ao entrar em contato com a queratina. Outro fator que leva a este problema é retirar muito a cutícula, uma proteção natural da unha. Se tirar em excesso, pode deixá-la vulnerável ao surgimento de micro-organismos, como bactérias e fungos. Usar esmaltes convencionais e acetona de modo constante também faz mal às unhas, pois provoca ressecamento e descamação. Profissionais que “dependem” de suas mãos estão mais suscetíveis a sofrerem algum trauma, já que estão em contato direto com suas funções, como lavadeiras, digitadores, quem mexe com jardinagem e similares etc. As unhas ficam om aspectos poroso, quebradiças e finais, chegando até a deslocá-las. O uso de produto químicos e detergentes com frequência também as deixam mais frágeis (por isso que se deve usar luvas de borracha para atividades domésticas). Pessoas portadoras de doenças sistêmicas (com relação à circulação sanguínea) como anemia e hipotireoidismo, além de algum tipo de alergia a medicamentos, mofos, poeira, insetos (por exemplo, abelhas) também têm grande chance de terem suas unhas descamadas e fragilizadas.

Prevenindo que suas unhas se tornem fracas

Mas existem – e devem ser praticadas – algumas precauções simples para manter as unhas fortes e saudáveis. Prefira esmaltes de boa qualidade e que você conheça a procedência. Certifique-se também que os instrumentos e materiais usados para fazer as unhas estão limpos e esterilizados, sempre os manuseando com cuidado para não sofrer cortes/ferimentos. Especialistas dizem que cores como o laranja, marrom e vermelho em contato por logo tempo, contêm em sua composição substâncias amareladas que em contato com a unha a deixa manchada, mas isso não impede que você pinte as unhas. É só não repetir essas cores por tempos longos demais. Pintá-las de vez em quando até que trazem algum benefício, como alguma proteção contra o sol e agressões químicas, como o uso de detergente, sabão em pó e produtos de limpeza, em geral. Tire sempre o esmalte pelo menos dois dias antes de pintar as unhas novamente para que elas “respirarem”.

Ao contrário do que muitos recomendam, as bases fortalecedoras não devem conter formaldeído em sua formula, pois apesar de se tratar de uma substancia aquosa e antisséptica (que impede a proliferação de agentes infecciosos) e bactericida (que destrói bactérias), ele é cancerígeno! Então, evite produtos que o contenham. Você deve usar produtos dermatologicamente testados. Aliás, evite também receitas caseiras, como o uso de gotas de limão; cremes ajudam a manter as unhas hidratadas; não usar sapatos apertados, pois o contato direto e prolongado das unhas com o calçado pode enfraquecê-las; Atente-se ao uso de sua medicação, pois alguns anti-inflamatórios e quimioterápicos (produto químico empregado na terapia de doenças, como o câncer) alteram o aspecto das unhas.

Tratamento para unhas fracas

A primeira atitude a ser tomada é descobrir a causa do enfraquecimento das unhas. Para isso, recomenda-se ir ao dermatologista para que ele faça os devidos exames e dê o diagnóstico correto, possibilitando assim o tratamento mais indicado para cada caso (creme, loção, esmalte e até via oral).

Qualquer lesão que altere a superfície/aparência da unha, pode ser um problema mais serio, necessitando até tratamento cirúrgico. Se as unhas não forem tratadas corretamente, corre o risco de a pessoa contrair micose de unha, uma infecção causada por fungos e que deixa as unhas ocas ou grossas, esbranquiçadas e até encravadas. Seu tratamento pode perdurar por até um ano.

Nunca faça as coisas “achando” que é o melhor há se fazer ou por que alguém disse que “desse jeito” é o correto. Consulte SEMPRE o médico especialista pela área/enfermidade que você está enfrentando para que não haja consequências catastróficas.

GD Star Rating
loading...
Unhas Fracas, 5.0 out of 5 based on 2 ratings

Publicidade

Nenhum comentário até o momento.

Deixe um comentário